> Solo para treino de futebol: veja qual é o mais recomendado!
11Mar
solo para treino de futebol

Qual é o melhor solo para treino de futebol?

Alguma vez você já ouviu que correr na areia é uma ótima maneira para entrar em forma? Se sim, realmente essa estratégia é boa para gerar mais resistência para os músculos. Contudo, quando o treino é contínuo, neste tipo de terreno, existe a possibilidade do aparecimento de efeitos reversos. Inclusive, no caso do futebol é importante que a equipe esteja atenta ao nível de desgaste dos profissionais a fim de prepará-los de maneira eficaz. Continue a leitura deste artigo para descobrir qual é o melhor solo para treino de futebol!

Solo para treino de futebol: areia, asfalto ou grama?

grama sintética é solo para treino de futebol

Diversos fatores são verificáveis no corpo de um atleta que pratica esporte aliado à corrida. Isso é: melhoria da respiração, perda de calorias e aumento do bom condicionamento do sistema cardiovascular. Visto isso, a escolha do terreno pode impactar diretamente na questão da saúde devido ao fato do risco de sobrecarga que esta pode ocasionar.

Na sequência, falaremos sobre as características da areia, asfalto e grama para que você fique ciente de como cada um destes elementos pode interferir na saúde do atleta. Veja qual deles é o melhor solo para treino de futebol!

Areia

Como foi dito anteriormente, a areia é um terreno que aumenta a resistência muscular do atleta. Esta questão é afirmada na medida em que a passada sobre ela tende a ser mais forte e, portanto, exige mais força. Entretanto, também devido a esse fato torna-se mais fácil obter lesões e entorses.

Além disso, a areia, por ser um solo não nivelado e instável, pode exigir que o corpo do atleta tenda mais para o lado esquerdo ou direito. A longo prazo esta questão tem a capacidade de propiciar problemas nos joelhos, quadris ou, até mesmo, na coluna do jogador. Assim, a areia não é entendida como um bom solo para treino de futebol.

Asfalto

O asfalto contribui para o aumento da velocidade do jogador. Contudo, o solo rígido aumenta o impacto nas articulações. Por conta desse fator, pessoas que têm problemas nestas regiões nos membros inferiores não devem praticar corrida nesse terreno. De tal forma, não é compreendido como solo para treino de futebol. Inclusive, longas corridas no asfalto devem ser feitas apenas sob orientação médica.

Grama

Diferentemente do asfalto, que não é indicado para quem tem problemas nas articulações, a grama é perfeita para pessoas que têm este impedimento. Por ser um terreno que reduz drasticamente o impacto, a grama alivia os joelhos e demais articulações. À vista disso, é a mais indicada para treinos longos e intensos, como os que são feitos por profissionais de futebol.

Todavia, assim como os demais elementos que foram tratados anteriormente neste artigo, a grama natural também apresenta uma desvantagem. Esta pode apresentar desnível e ocasionar lesões. Por isso, a melhor estratégia utilizada é integrar ao campo grama sintética esportiva. Com essa, os jogadores ficarão assegurados da não existência de possíveis problemas com a saúde e, assim, poderão treinar sem preocupar-se com buracos ou solo umedecido em excesso, fatores que aumentam o risco de contusões.

Onde encontrar grama sintética para campo de futebol?

Gostou do nosso artigo sobre os tipos de solo para treino de futebol? Agora que você já sabe que a grama sintética é a melhor escolha, não deixe de comprá-la em uma empresa qualificada no mercado. Venha conhecer a Stampa Gramas! Disponibilizamos grama sintética para campo society com certificação FIFA. Faça seu orçamento conosco!

Acompanhe, em nosso blog, outros artigos com temas semelhantes a este para enriquecer seu conhecimento a respeito do assunto. Lá estão:

Compartilhe!